quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Tire dúvidas sobre como usar o Bilhete Único Carioca

Bilhete Único Carioca (BUC) foi implantado no dia 6 de novembro, mas muitos passageiros ainda têm dúvidas sobre o sistema de integração municipal.

O bilhete permite que o usuário possa utilizar dois ônibus no município do Rio de Janeiro, num intervalo de duas horas, pagando R$ 2,40. O usuário só poderá usufruir da tarifa do Bilhete Único Carioca, após seu cadastramento no site do RioCard, vinculando o CPF ao número do cartão.

Lá, também é possível conferir a lista dos postos de cadastramento. Quem já possui o Bilhete Único Intermunicipal e o Vale Transporte RioCard não precisa se cadastrar. A expectativa é de que 1,8 milhão de cariocas utilize o BUC.

O diretor de marketing da Riocard, Edmundo Fornasari, responde as principais dúvidas dos usuários:

Como será o cadastramento dos cartões fornecidos pelas empresas? As empresas têm direito de deduzir o valor creditado nos cartões dos funcionários que utilizam duas passagens?
"Nós temos hoje mais de 73 mil empresas que trabalham conosco. Todas elas foram informadas sobre as vantagens do cadastramento do funcionário com nome e CPF para que ele tenha direito à utilização da tarifa do Bilhete Único, quer seja municipal, quer seja intermunicipal. Caso o funcionário tenha algum problema deve procurar a área de RH da empresa para que seja regularizada a situação junto ao Riocard"

Qual a validade dos créditos inseridos no Bilhete Único?
"A validade é de um ano dos créditos".

O Bilhete Único é valido para trens, metrôs e barcas?
"O Bilhete Único Carioca é válido para integrações ônibus-ônibus, em ônibus convencional sem ar-condicionado. A discussão da integração com trem, barcas e metrô está sendo feita ainda e isso deve acontecer em algum momento"

Futuramente, o Bilhete Único Carioca será válido também para trem?
"A prefeitura está discutindo isso tanto com trem quanto com metrô e que futuramente isso estará implantado"

O reajuste de R$ 2,35 para R$ 2,40 dos ônibus do Rio afeta quem utiliza o Bilhete Único Estadual? Vai faltar crédito no fim do mês para pagar a passagem?
"Muito pelo contrário. Na verdade quando a gente diz que a tarifa foi reajustada, nós estamos saindo de uma tarifa de R$ 2,35 para uma tarifa de R$ 1,20, porque o passageiro vai poder pegar dois ônibus. Então, a própria empresa em que ele trabalha vai ter vantagem no final do mês".

A empresa em que trabalho não comprou o Bilhete Único Carioca. Posso eu mesmo comprar?
"Pode. O ideal é que a firma utilizasse o Vale-Transporte tradicional, que é o instrumento legal do empregador para o empregado. Essa é uma discussão que ele deve com a sua empresa. Mas caso ele não tenha, ele pode adquirir o Bilhete Único Carioca através do site ou de um dos postos espalhados pela cidade".

O bairro de Santa Cruz, na Zona Oeste, não tem ônibus para o Centro do Rio no valor de R$ 2,40, só de R$ 4,70 e de R$ 7. Como vai funcionar o Bilhete Único nesses ônibus?
"A partir do dia 6 de novembro, a tarifa do Bilhete Único Carioca é R$ 2,40. Então, se o passageiro fizer o cartão Bilhete Único Carioca, se ele tiver o Bilhete Único Intermunicipal, ou se já tiver o Bilhete do Riocard, esse problema ele não vai ter mais. Ele tem que estar cadastrado, fazer o bilhete e vai ter a tarifa, que isso faz parte da regulamentação. Mas o ônibus tem que ser convencional e sem ar-condicionado".

Aposentados que já têm o cartão de gratuidade Riocard precisam efetuar a troca pelo Bilhete Único Carioca?
"Não precisam efetuar troca nenhuma. Todo mundo que têm o cartão da gratuidade está apto a entrar no ônibus e fazer a viagem normalmente como faz todos os dias"

O Bilhete Único Estadual vale como Bilhete Único Municipal?
"Com certeza".

Qualquer pessoa pode adquirir o Bilhete Único Carioca?
"Todas as pessoas podem se cadastrar usando o seu CPF e colocando suas informações. Portanto, têm direito a utilizar esse bilhete".



Como comprar
Para efetuar a compra através da Rede de Recarga, o usuário pode colocar o valor de créditos que desejar, entre R$ 4,80 e R$ 300 e o cartão é gravado na hora com o valor pago em dinheiro. O usuário só poderá usufruir da tarifa do Bilhete Único Carioca 48 horas após o cadastramento.

O cartão pré-carregado é vendido com o valor de R$ 21 e R$ 55 nas agências do Unibanco-Itaú credenciadas e Lojas RioCard, também após o cadastramento.

O cartão também pode ser adquirido pós-carregado, no mesmo site. Após o cadastramento, a entrega é realizada em cinco dias úteis, após confirmação do pagamento dos créditos nas Lojas RioCard, agências do Unibanco-Itaú credenciadas ou em domicílio - neste caso, será cobrada taxa de entrega. A primeira carga deverá ser no valor mínimo de R$ 4,80, com recargas mínimas no mesmo valor.

Passageiros de ônibus intermunicipais pagam R$ 4,40
O Bilhete Único estadual já existe desde fevereiro e beneficia quem precisa pegar duas conduções para chegar ao local de destino. Quem já possui o cartão paga o valor máximo de R$ 4,40 por duas passagens a serem utilizadas num prazo de duas horas e meia em transporte público intermunicipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário